Trabalhar com o objetivo de Dano Zero é um dos valores fundamentais da PIP que norteia cada projeto com o cliente.

A crescente pressão para se trabalhar de forma sustentável e gerir o impacto humano sobre os recursos e ambiente cria muitos desafios. Como empresa, nós apoiamos os princípios do Sustainable Development Framework do Conselho Internacional de Mineração e Metais (ICMM) e do Pacto Global da Organização das Nações Unidas (ONU). Internamente, praticamos o que falamos, incentivando nossos colaboradores a adotarem práticas de trabalho seguras e sustentáveis ​​em todos os momentos. Nosso maior impacto é externo, onde ajudamos nossos clientes a implementar práticas operacionais sustentáveis ​​que melhoram sua segurança, reduzem seu impacto ambiental e criam novas fontes de vantagem competitiva.

A PIP melhorou de forma bem sucedida o desempenho das áreas de segurança e meio ambiente em muitas operações e indústrias. Sabemos que as disciplinas fundamentais de definição de metas, clara responsabilização e comportamento disciplinado, além de serem bons para as operações, também são bons para a segurança e meio ambiente. Nossa experiência mostra que as operações ou construções estáveis, controladas e com baixa variabilidade são as mais seguras. Acreditamos que uma taxa de zero incidentes é possível em todas as operações.

Na PIP, estamos comprometidos com a construção de uma cultura de atitudes e disciplinas corretas, capacitando as pessoas para evitar acidentes e mitigar o risco. Neste sentido, ações de segurança, cumprir o que falamos, treinamento, ter a coragem de apontar atos ou condições inseguras são parte de nossa filosofia e parte do dia a dia de cada consultor da PIP, seja em um site do cliente, no escritório ou em casa. Nós também encorajamos nosso pessoal a reduzir seu impacto ambiental através de reciclagem, utilizando transportes públicos para deslocamento urbanos e comprando créditos de carbono para compensar nosso transporte aéreo.

Trabalhamos com nossos clientes para garantir que eles tenham os cinco fundamentos de melhoria para entregar uma mudança radical na segurança do local e desempenho ambiental. Estes fundamentos são:

  • Aumentar as metas que são amplamente compreendidas e comunicadas. Muitas vezes as metas de segurança e meio ambiente são bem intencionadas mas vagas. Nós nos concentramos em desagregar estas metas em ações tangíveis que os indivíduos podem entregar dentro do mês.
  • Envolvimento de toda a operação: do Gerente Geral/Diretor de Projetos até os operadores. Qualquer melhoria só é sustentável quando envolve a todos, em todos os níveis da organização, adotando disciplinas de melhoria como parte da maneira como o negócio é conduzido a cada dia.
  • Revisões em cascata que focam em KPIs (indicadores de desempenho) e ações para impactá-los. Estas revisões criam um circuito fechado para garantir que os gestores estejam andando em campo, realizando observações, auditando os procedimentos e obtendo feedback das pessoas sobre como melhorar a segurança da operação.
  • Soluções de Causa Raiz para enfrentar os fatores-chave. A abordagem de Causa Raiz, que utilizamos para analisar com rigor os fatores-chave de produção, custo ou tempo parado, é também eficaz quando aplicada a segurança e meio ambiente, onde os incidentes e lesões de alta frequência podem ser alvos de ações e eliminados. Nossa ênfase em treinar na metodologia de resolução de causa raiz de problemas incorpora essas habilidades no cliente para assegurar melhorias contínuas.
  • Fechando o ciclo com auditorias regulares. Auditar regularmente o cumprimento de procedimentos e a conclusão e eficácia das ações pode reduzir incidentes e salvar vidas.

Exemplo: Melhoria da segurança

Nosso cliente, uma grande metalúrgica na Europa, estava experimentando uma piora no desempenho de segurança, com cinco lesões com perda de tempo (LTIs) em seis meses. Desenvolvemos uma Árvore de Valor de segurança para tornar mais clara a relação entre comportamentos de redução de risco e os resultados desejados; então trabalhamos com as principais partes envolvidas a fim de rever as métricas e iniciativas de segurança através de reuniões diárias com o pessoal da produção. Em seis meses, nós ajudamos nosso cliente a atingir zero lesões com perda de tempo (LTIs) com um aumento de vinte vezes na elaboração de relatórios de perigos, observações de segurança e outros comportamentos de redução de risco.

Ao adotar os principais fundamentos de melhoria - incluindo metas visíveis de entrada e saída, amplo envolvimento dos funcionários, revisões em cascata de ações, resolução de problemas utilizando a metodologia de causa raiz e auditorias regulares para fechar o ciclo – as operações podem transformar sua paixão por melhorar o desempenho de segurança em uma realidade.

Exemplo: Emissões e melhoria da produção

Uma empresa de metais estava com altas taxas de emissões no seu alto-forno em um dos sites. Nós trabalhamos com o cliente para estabilizar a operação do forno, melhorar a produção e reduzir as emissões. Isto incluiu a otimização da compra de matéria prima para melhor atender as restrições do forno, a melhoria da qualidade do sínter, a redução dos tempos parados e a elaboração de procedimentos mais rigorosos e a adesão a eles. As emissões foram reduzidas em 75%, aumentando simultaneamente a produção diária em 25% e reduzindo os custos por tonelada em mais de 20%. Em um site similar, as emissões do forno foram reduzidas em 50%, enquanto que simultaneamente o volume em 24%.

Exemplo: Uso de água

Os verões secos e prolongados criam a necessidade de um grande smelter de metal para reduzir substancialmente o consumo de água se o smelter de metal permanecer aberto. Em anos anteriores, a operação passou perto de ter que reduzir a produção devido à falta de água. Nossa equipe ajudou a gerencia a gerar ideias, implementar controles de curto intervalo de tempo e a adotar novas práticas de gestão. Isto rendeu resultados dramáticos - uma redução de 35% no uso de água e uma redução associada de 48% em água. Esta abordagem foi também aplicada com sucesso em outras áreas do negócio- na reducao do vazamento de ácido em 30% e das emissões dos fornos em 50%.